Você conhece o seu gestor de energia?

A popularização do mercado livre de energia e o grande movimento de pequenas e médias empresas, que migraram do ambiente de contratação regulado (mercado cativo) para o ambiente de contratação livre (mercado livre), trouxe também o surgimento de diversas empresas e consultores que viram nesse cenário uma oportunidade de “criar” um negócio e oferecer serviços de gestão de assessoria às empresas que decidem migrar ao mercado livre de energia.

Porém, o que se viu e, ainda vemos, são diversas empresas e consultores vendendo tais serviços sem conhecimento profundo ou expertise nesse nicho de mercado.

Ao tomar a decisão de migrar para o mercado livre de energia, é fundamental que as empresas  busquem uma comercializadora que possua experiência comprovada na gestão ativa de portfólio de energia. É importante também que fiquem atentas ao discurso utilizado por muitas consultorias ao tentar vender seus serviços. Com o objetivo de realizar a migração do cliente, muitas tentam porem visam muitas vender sua própria energia e depois abandonam o cliente apenas operacionalizando um serviço básico junto à CCEE.

Não caia na armadilha ao pensar que todas as gestoras de energia são iguais, mesmo que o discurso possa parecer mesmo parecido. Poucas comercializadoras e gestoras de energia oferecem um serviço de gestão de portfolio de energia de maneira proativa e orientada na busca pelo melhor resultado para seus clientes. Migrar para o mercado livre de energia vai muito além de apenas preencher alguns documentos, fazer cotações e comprar a energia e, depois, operacionalizar os registros dos contratos junto a CCEE. Isso é o básico que todos fazem.

Contudo, esse “básico” pode colocar os consumidores livres de energia em uma situação de risco, que muitas vezes nem eles têm noção de que estão correndo. Uma contratação malfeita, um contrato mal elaborado, uma estratégia mal executada, pode trazer mais prejuízo do que benefício ao consumidor, e muitas vezes é o que vemos acontecer por empresas que foram mal assessoradas em seu processo de migração ao mercado livre.

Nosso conselho aos consumidores de energia que desejam migrar ao mercado livre e mesmo aqueles que já estão, é que busquem o apoio e a assessoria de gestoras de energia que realmente operam no mercado livre, tenham expertise em gestão ativa de portfolio de energia e ofereçam aos seus clientes toda a estrutura e inteligência para operar neste volátil mercado.

A Ecom Energia é uma das mais atuantes comercializadoras de energia, há 15 anos atuando no mercado livre de energia. Temos ampla experiência na comercialização de energia, com mais 65 milhões de MWh comercializados, e somos responsáveis por gerenciar o portfolio de energia de mais de 600 unidades consumidoras, além de colocar à disposição dos seus clientes toda a estrutura de sua mesa de operações e sua área de risco e precificação de energia.