Nova Oportunidade de Migração para o Ambiente de Contratação Livre

Com o mês de novembro, temos a chegada do novo período úmido, que apresenta, historicamente, um aumento nas precipitações de chuvas. Caso o volume de chuvas fique dentro da média histórica, como consequência, veremos uma redução dos preços no mercado de curto prazo, os quais impactam também na redução dos preços de longo prazo, a procura para migração para o Ambiente de Contratação Livre voltará a aumentar consideravelmente.

Essa nova “Janela de Oportunidade” pode ocorrer e as empresas precisam estar preparadas para se aproveitarem dela.

Outro ponto fundamental que torna a migração para o Ambiente de Contratação Livre ainda mais atrativa financeiramente, além dos benefícios já detalhados no artigo “Como o Mercado Livre de Energia pode aumentar a competitividade da sua empresa”, publicado dia 30/03/2017, são os reajustes das tarifas das distribuidoras no Mercado Cativo. Durante o ano de 2017 tivemos diversas distribuidoras com reajustes médios nas tarifas de Alta/Média tensão superiores a 20%, entre elas: EDP Bandeirante (27,31%), Amazonas Distribuidora de Energia (25,17%) CEAL (23,36%) e CPFL Piratininga (21,51%). Além dos custos das Bandeiras Tarifárias, que impactam somente os consumidores no Mercado Cativo.

Sendo assim, com a provável redução dos preços que vislumbramos no Mercado Livre neste próximo período úmido, caso as previsões de chuvas se concretizem e, além disso, com as tarifas no Mercado Cativo ficando cada vez mais onerosas para as empresas, visualiza-se uma nova oportunidade para os consumidores migrarem para o Mercado Livre com resultados extremamente expressivos, ainda em 2017.

Ou seja, caso sua empresa já tenha estudado a migração para o Ambiente de Contratação Livre e não tenha realizado esse movimento, ou se pela primeira vez está visualizando essa oportunidade, tenha em mente que com uma estratégia de contratação de energia bem feita, a escolha de um gestor com comprovada competência, a análise da vigência do seu contrato atual com a distribuidora no Mercado Cativo e a correta análise da curva de carga de consumo para contratação de energia de longo prazo, essa Nova Janela de Oportunidade de Migração para o Ambiente de Contratação Livre está ao seu alcance e com resultados extremamente expressivos.

Lembre-se, migrar para o Ambiente de Contratação Livre não é somente um projeto de redução de custos, mas sim um projeto para aumentar a lucratividade da sua empresa.