JANELA DE OPORTUNIDADE

Como diz o velho ditado, quem chega antes bebe a água mais limpa!

Com essa frase terminei o meu ultimo artigo divulgado no último dia 20 de abril, denominado “Fique atento para as janelas de oportunidade!”.

Pois bem, indo de encontro a todas as previsões de mercado está surgindo a tão esperada janela de oportunidade para compra de energia tanto por consumidores em processo de migração para o ACL (Ambiente de Contratação Livre), como para os consumidores livres que precisam adquirir energia para os próximos anos, dando sequência aos contratos atuais.

Com o nível médio dos reservatórios do SIN (Sistema Interligado Nacional) em 41% da sua capacidade de armazenamento, observado ao final do período úmido deste ano, no mês de abril, mesmo com a atividade econômica muito ruim, foi necessário o acionamento das termelétricas para manutenção e segurança do abastecimento durante o ano de 2017. Tal fato ocasionou uma elevação dos preços de energia de curto prazo para patamares superiores a R$ 450,00/MWh o que, por consequência, impactou nos preços futuros de energia, incluindo os anos de 2018 e 2019.

Tal elevação inviabilizou a maioria dos processos de migração de consumidores potencialmente livres e deixou os consumidores livres preocupados com os preços de energia para suas respectivas renovações de contrato.

Tínhamos ainda dois períodos de chuva que poderiam ajudar na estabilidade de preço, um com início no mês de maio, com as chuvas características do Sul do País para a época e o inicio do período úmido em novembro deste ano. Ambos dependendo da natureza e do comportamento das chuvas.

Para a surpresa do mercado, as chuvas observadas nas últimas duas semanas foram muito superiores às esperadas, o que ocasionou uma mudança do vetor de expectativa de preço futuro pelo mercado e, consequentemente, uma queda acentuada na oferta de preços futuros.

Os consumidores livres já iniciaram seus processos de cotação de preço de energia para aquisição a partir de janeiro de 2018 e o maior movimento está acontecendo pelos clientes potencialmente livres, que ainda se encontram no ACR. Consumidores que já estavam preparados para aproveitar uma possível janela de oportunidade, que efetivamente aconteceu e que, provavelmente, ainda irá durar mais alguns meses, já que estão se movimentando na busca por cotações. Não sabemos como os preços de mercado se comportarão a partir de agosto de 2017, mas os atuais preços ofertados neste mês para os próximos anos estão apresentando resultados entre 15% e 20% de economia frente ao mercado regulado, dependendo da distribuidora onde o consumidor está conectado.

Portanto, agora é o momento para aquisição da energia! Aproveite a janela de oportunidade!