Bandeira de dezembro volta a ser vermelha patamar 1

Segundo a Aneel, chuvas de novembro levaram a um pequena melhora no nível dos reservatórios

A bandeira tarifária de dezembro será vermelha patamar 1, o que vai representar acréscimo na conta de energia do consumidor de R$ 3,00 a cada 100 kWh  consumidos. O recuo no valor do adicional incidente sobre a conta de energia ocorre após dois meses seguidos de aplicação da bandeira vermelha 2, o nível mais elevado de custo.

A justificativa da Agência Nacional de Energia Elétrica é de que houve uma pequena evolução no nível dos reservatórios das hidrelétricas este mês em relação ao mês de outubro, o que sinaliza melhora no custo de geração de energia. A Aneel reforçou, porém, a necessidade de uso consciente e de combate ao desperdício de energia.

No mês passado, a agência reguladora decidiu antecipar para novembro a aplicação dos novos valores das bandeiras, previstos para 2018 e ainda em audiência pública. O valor mais alto da bandeira vermelha passou de R$ 3,50 para R$ 5,00 a cada 100 kWh; a vermelha patamar 1 foi mantida em R$ 3,00 e a amarela caiu de R$ 2,00 para R$ 1,00 a cada 100 kWh. Como esse mês foi aplicada a vermelha 2, a arrecadação esperada da Conta Bandeiras aumentou para R$ 500 milhões.

Fonte: CanalEnergia